O Tratamento da esclerose múltipla

Quanto ao tratamento, além dos cuidados gerais, recomenda-se fisioterapia e psicoterapia. Usam-se antivirais como Amantadina, Aciclovir, Interferon, Imunossupressores, ACTH, Corticóides que, se não curam, poderão melhorar às vezes sensivelmente a sintomatologia, sobretudo Pulsoterapia corticóide, acompanhado ocasionalmente por plasmaferese, são algumas armas utilizadas com o intuito de combater a doença, porém devemos reconhecer que são sumamente dispendiosos e com resultados discutíveis. Inobstante poder combater os sintomas como a espasticidade (droga antiespástica), toxinas botulínica, betabloqueadores e as dores raras do Trigêmeo (carbamazepina e clonazepam), inequívocamente auxiliam a vida dos pacientes, que apresentam sempre um sinal de interrogação no seu prognóstico.

Depoimentos

Depoimentos

Depoimentos e história de vida de nossos portadores

Veja mais

Fotos

Fotos

Acesse e veja as fotos de nossos eventos e festas

Veja mais

Videos

Videos

Veja os vídeos de nossa associação

Veja mais

Associações

Associações

Associações de esclerose múltipla em outras cidades

Veja mais

Apoio:

Sindipetro
Biogen

© 2010 - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Rafael Salgueiro e Mantido por Luciana Oliveira Forte