Sintomas da esclerose múltipla

Os pacientes referem problemas visuais, distúrbios da linguagem, da marcha, do equilíbrio, da força, fraqueza transitória no início da doença, em uma ou mais extremidades, dormências, com períodos às vezes de melhoras e pioras, sendo que quando predomina na medula, as manifestações motoras, sensitivas e esfincterianas se encontram geralmente presentes, existindo raramente dor.

A evolução é imprevisível e muito variada. No início podem haver períodos longos de meses ou anos entre um episódio ou outro, mas os intervalos tendem a diminuir e eventualmente ocorre a incapacitação progressiva e permanente. Alguns pacientes se tornam rapidamente incapacitados. Quando a doença se apresenta na meia-idade a progressão é rápida e sem melhoras e às vezes fatal em apenas um ano.

Muitas vezes, as manifestações do mal são confundidas com outras doenças, menos graves, como labirintite.

O que fazer para controlar os sintomas?

cuidados simples:

+ horario adequeado para evacuações , por exemplo, apos o cafe da manha.

+ ingestao suficiente de liquido: 2 litros por dia auxiliam a manter a consistemcia das fezes.

+ orientacao alimentar, com dieta rica em fibras;

+ atividades físicas tambem ajudam a manter a saúde e o bom funcionamento intestinal.

Depoimentos

Depoimentos

Depoimentos e história de vida de nossos portadores

Veja mais

Fotos

Fotos

Acesse e veja as fotos de nossos eventos e festas

Veja mais

Videos

Videos

Veja os vídeos de nossa associação

Veja mais

Associações

Associações

Associações de esclerose múltipla em outras cidades

Veja mais

Apoio:

Sindipetro
Biogen

© 2010 - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Rafael Salgueiro e Mantido por Luciana Oliveira Forte